EN

O que é presença hoje?


Ações que expandem a ideia de estar presente na 33ª Bienal de São Paulo. O que muda na compreensão quando alguém se recusa a estar presencialmente (ou a abrir os olhos) no espaço expositivo, evitando o discurso oficial construído ali e a fisicalidade dos objetos expostos? Como o corpo humano é interpretado pelas Inteligências Artificiais nas fotografias da Bienal? De que maneira os registros da exposição podem intermediar a relação entre imigrantes brasileiros e suas lembranças do Brasil?



ESTE PROJETO ESTÁ EM CONSTANTE ATUALIZAÇÃO

ÚLTIMO UPDATE: 17.03.2019